A Queda da Casa de Usher

Autor: Edgar Allan Poe

*Aguarde alguns segundos para o documento carregar, o tempo pode variar dependendo da sua conexão com a internet. Se preferir, você pode baixar o arquivo clicando no link abaixo.

Um jovem cavalheiro é convidado para o velho casarão de um amigo de infância, Roderick Usher, um artista doente e excêntrico que vive completamente isolado na companhia da sua irmã, Lady Madeline, também com saúde delicada.

Usher vive presa de uma doença indefinível, o que faz a todos temer pela sua vida. Aquele que acaba morrendo é sua irmã. Seus restos mortais são colocados em uma cripta, mas não tardam em se produzir terríveis acontecimentos que logo desembocarão num trágico final.

A Queda da Casa de Usher é uma das histórias mais conhecidas de Edgar Allan Poe e foi adaptada para o cinema em várias ocasiões.

Baixar

Você pode estar interessado

O Corvo

Edgar Allan Poe

O Corvo é um poema narrativo escrito por Edgar Allan Poe e sua composição poética mais famosa. Foi publicado pela primeira vez em janeiro de 1845.

São notável sua musicalidade, linguagem estilizada e atmosfera sobrenatural. Fala da misteriosa visita de um corvo falante à casa de um amante afligido e o lento descenso à loucura deste último.

É um dos seus poemas mais conhecidos e sua iconografia tem sido copiada e homenageada em inúmeras ocasiões, tanto em outros livros e poemas quanto em programas de televisão e filmes.

O busto de Palas Athena e o corvo grasnado «Nunca Mais» fazem parte da história da literatura universal.

Assassinatos na rua Morgue

Edgar Allan Poe

Século XIX. Acontece o bárbaro assassinato de duas mulheres, mãe e filha, ocorre num apartamento numa rua populosa de Paris. As primeiras investigações não dão algum resultado, se evidenciado a impotência da policia para esclarecer os fatos.

Finalmente, se encarrega do assunto um detetive aficionado, M. Dupin, que trás a intensa e brilhante pesquisa, oferece uma explicação extraordinária.

Os Assassinatos na Rua Morgue é uma das mais importantes histórias de detetives de Edgar Allan Poe, e uma que sentaria as bases do grande parte do gênero negro e criminoso nascido nas décadas seguintes à sua publicação.

O gato preto

Edgar Allan Poe

O gato preto (título original em inglês: The Black Cat) é uma história de terror publicada no jornal Saturday Evening Post da Filadélfia, na sua edição19 de agosto de 1843. A crítica o considera um dos mais horripilantes da história da literatura.

Um jovem casal leva uma vida doméstica tranqüila com seu gato, até que o jovem homem começa a se deixar arrastar pela bebida. O álcool o torna irascível e num dos seus acessos de raiva ele acaba com a vida do animal.

Um segundo gato aparece na cena, a situação familiar piora, e os acontecimentos se precipitam até terminar com um horrível desenlace.

O Coração Revelador

Edgar Allan Poe

Nesta história Edgar Allan Poe explora a perdição do ser humano pelo ódio gratuito e irracional que se deixa crescer no coração dos assassinos.

O narrador está fazendo um reconto da sua atuação até explicar sua própria detenção pelos oficiais e o ódio que sentia por um homem velho e seu olho.

Publicado pela primeira vez na revista literária The Pioneer em janeiro de 1843. Mais tarde, Poe republicou-o no seu jornal The Broadway Journal na sua edição de 23 de agosto de 1845. É uma das suas histórias de horror mais conhecidas.

A Carta Roubada

Edgar Allan Poe

É a última de três histórias protagonizadas pelo detective Auguste Dupin.

A trama como tal consiste numa carta perdida que pode prejudicar ao seu dono, a quem foi dirigida, se cair em mãos erradas, então o prefeito da polícia parisiense ao ver que não pode resolver o mistério, decide pedir ajuda a Dupin, já que se sabe quem a tem, mas não onde a escondeu o audaz ladrão.

Com esta história, Poe confirmou sua maestria na hora de criar intrigas e mistérios, longe do seu estilo gótico habitual, e antecipando o que se tornaria com o tempo o gênero criminoso e detetive que todos nós conhecemos.