+25 Livros de Mistérios e Suspense Grátis [PDF]

A literatura de mistérios, suspense e horror tem sido por muito tempo uma forma bem sucedida de alcançar o público leitor e despertar as emoções mais intensas. Sabemos que este é um gênero muito procurado, e é por isso que compilamos livros de mistério e suspense numa compilação incrível, a fim de agradar a nossa comunidade. Boas histórias de mistério são sempre bem-vindas, porque elas nos fazem tremer até os ossos.

Como você sabe, o medo é uma emoção básica e primitiva que nos embarga, causando efeitos físicos e psicológicos sobre nós. Quando se sente num ambiente controlado e seguro, o medo se torna uma adrenalina que pode até mesmo ser desfrutada. Ler nossos livros de mistério e suspense em formato PDF fará você se mergulhar em histórias fascinantes que você não poderá deixar até o final.

Considera-se literatura, o gênero de mistério, suspense e terror é considerado um dos mais respeitados pelos críticos e apreciados pelos leitores. Sua origem não é muito antiga, na verdade, foi inaugurada ao redor dos duzentos anos com o romance policial. Caracterizou-se por ter na sua trama um crime que seria resolvido pela figura do detetive.

Alguns dos seus primeiros expoentes foram os escritores E.T.A Hoffmann e Edgar Allan Poe com seus Crimes da Rua Morgue. Mas, quem deu fama definitiva ao gênero seria Arthur Conan Doyle com seus requintados romances policiais resolvidos pelo emblemático herói Sherlock Holmes, seu personagem principal.

No entanto, o tema policial não é o único desenvolvido neste gênero literário, existem muitos temas diferentes desenvolvidos, desde um drama pessoal como o de Dorian Gray, até fenômenos sobrenaturais como fantasmas, vampiros ou alienígenas.

Realmente, o tema não é tão importante quanto os recursos utilizados para manter o leitor no limite e viciado na trama até o final, com o único objetivo de descobrir o resultado dos eventos. Autores modernos como Stephen King souberam lidar muito bem com os recursos literários de suspense e terror.

A fim de distinguir estes recursos devem se pensar em quatro elementos fundamentais. O gênero do mistério e suspense é baseado em: a reação emocional do leitor, linguagem, estética e personagens arquetípicos. Quando todos eles estão bem combinados, com criatividade e autenticidade, poderíamos dizer que se obtém uma verdadeira peça narrativa de suspense.

Reação emocional do leitor: se conduz uma escala emocional ascendente (até o nó da trama) e descendente (desde o desenlace) de tensão, incerteza, ansidade, horror e pavor.

Linguagem: O léxico utilizado é muito específico para o gênero e a omissão de informações nas frases é usada para criar incerteza. Deixam-se dicas ou pistas através da linguagem, o que cria o interesse crescente do leitor.

Estética: São descritos lugares e personagens sinistros, sombrios e sinistros.

Personagens arquetípicos: Predominantemente assassinos, psicopatas, ladrões, monstros, fantasmas, demônios, detetives, entre outros.

Você quer experimentar o terror e o suspense? É hora de baixar nossos livros de mistério e suspense em formato PDF e se atualizar com as melhores obras e autores do gênero.

1) Livros de Assassinos

Assassinato é o ato pelo qual uma pessoa intencionalmente tira a vida de outra, com traição, crueldade ou compensação pelo ato praticado. Caso nenhuma das três circunstâncias anteriores apareça, estaríamos falando de homicídio.

Esse tipo de evento sempre gerou e despertou curiosidade; a intriga, querer assumir o papel de detetive e fazer justiça desperta em nós o desejo de ver ou ler essas histórias. Para que não escapem como fonte de inspiração na literatura, prendendo-nos neste mundo de evidências e colocando em nós o desejo de estudar o comportamento do assassino, por que ele o fez?

Seja no romance policial ou no romance policial, durante a execução do assassinato, o criminoso se certificou de não cometer nenhum erro ou deixar qualquer evidência para trás. Ele não se intimida, ele não age de forma suspeita, então isso se tornará um desafio para o detetive.

2) Livros de Detetives

ficção de detetive é um subgênero da ficção policial e da ficção de mistério e suspense, em que um investigador (na maioria das vezes um detetive, profissional ou amador) investiga um determinado crime, geralmente um assassinato.

Tem uma estrutura muito bem definida, mesmo quando a narrativa não responde à apresentação cronológica dos acontecimentos. É composto por três partes:

Introdução: O crime, assassinato ou enigma criminal é apresentado.

Nudo: Várias perguntas são levantadas, diferentes possíveis suspeitos e a investigação é aprofundada.

Resultado: o assassino é descoberto ou o enigma é resolvido (o resultado não está aberto).

Nesse tipo de novela o detetive nunca falha, portanto, sempre obteremos as respostas às perguntas plantadas em suas páginas ao final. Eles nunca falam sobre crimes perfeitos. O leitor costuma se identificar com o investigador e vivenciar em primeira mão as investigações que reconstroem o crime até encontrar o assassino.

3) Livros de Intriga

No campo da literatura e do cinema, a idéia de intriga se refere a todos os eventos que constituem o núcleo de uma obra. Trata-se daquilo que desperta interesse no público, causando tensão enquanto se espera pela sua resolução.

A intriga é atraente para nós por natureza, porque nos toca no mais profundo do nosso ser, numa região onde encontramos nossa curiosidade, nosso senso de aventura, uma série de sensações muito primitivas que por mais que tentemos cobri-las com os costumes da vida moderna nos acompanham desde a origem de nossa espécie e podem vir à tona espontaneamente, sem pedir nossa permissão.

As conspirações e maquinação são circunstâncias nas quais a intriga é o elemento mais característico.

4) Livros de Mistérios

A literatura de mistérios, também conhecida como ficção policial e romances policiais, é um tipo específico de historia de suspense. As histórias de mistério começam com um crime como o conflito central e apresentam pistas e suspeitos ao longo da história para permitir uma resolução final através de uma dedução lógica.

A maioria dos mistérios inclui um detetive profissional ou amador que guia o leitor através da solução do crime. Em alguns casos, os leitores são apresentados com provas suficientes para resolver corretamente o mistério eles mesmos. Em outros, eles devem acompanhar os personagens até a revelação final no final da história.

Desde seu desenvolvimento no século XIX, a fórmula básica do mistério mudou relativamente pouco, embora tenha assumido muitas formas. Nas primeiras décadas do século XX, a ficção do crime tornou-se a norma, enquanto os escritores da era da Guerra Fria se tornaram espiões e mistérios politicamente motivados.

5) Livros de Suspense

Todos nós conhecemos uma boa história de suspense: é a que nos mantém em suspense, que nos impele a continuar virando as páginas até descobrirmos se esta coisa terrível que parece estar prestes a acontecer está finalmente acontecendo. O suspense – ou thriller – não é tanto um gênero quanto uma emoção, e não é definido por seus temas, que podem variar de intrigas policiais a dramas familiares, mas pela maneira como é contado; é um como e não um o quê.

Para que exista suspense, é necessária a participação do público, que deve estar envolvido com os eventos. O autor tem que sugerir pistas sobre o possível resultado do conflito, para que o espectador ou leitor possa inferir ou assumir o que está prestes a acontecer. A resolução do nó, finalmente, deve ser feita de forma lógica e de acordo com a plausibilidade do gênero.

A técnica do suspense literário, semelhante em muitos aspectos ao suspense cinematográfico, baseia-se em transmitir ao leitor uma sensação de iminência, uma inquietação crescente que é alcançada com uma trama eficaz, um ritmo apropriado e uma construção milimétrica de cenas.

6) Livros de Terror

Sendo uma de nossas emoções mais primárias, é compreensível que a literatura de horror tenha sido um dos primeiros gêneros a aparecer. As histórias de terror surgem antes da era científica como uma explicação do inexplicável. De tudo que a mente humana não conseguia entender ou tentava esconder.

Sendo usado para explicar o sobrenatural, é normal que este gênero esteja intimamente ligado ao fantástico. E usado para explicar o que não podemos compreender, também é lógico que esteja ligado à ficção científica, como quando falamos de outros mundos ou dimensões que nossa mente não consegue compreender e, portanto, tememos.

A literatura do terror se baseia mais no tipo de reações que gera no leitor (ansiedade, medo, horror, incerteza, tensão) na estética (geralmente o uso descritivo de espaços claustrofóbicos, desolados ou sinistros) e nos personagens arquetípicos que evoca (monstros, assassinos, psicopatas, fantasmas, demônios, presenças, crianças sinistras, etc.).

7) Livros de Terror Psicológico

Há medos que estão em nós e nos acompanham na escuridão. Estamos na cama e estamos esperando impacientemente atrás da porta. Estes medos, inspirados por traumas de infância ou por histórias específicas, acabam se instalando. Eles são a sombra na distância com que o escritor tem que brincar para fazer do terror psicológico uma arte.

Este tipo de medos se formam na nossa mente, eles atendem ao nosso mundo subjetivo e se afastam do terror mais gráfico. Já que não está apresentado por monstros, bruxas, vampiros, zumbis, casas assombradas e quantidades industriais de sangue.

Geralmente se considera que o autor pioneiro desta modalidade foi o grande contador de histórias americano Edgar Allan Poe, que através de histórias como O coração delator, O homem na multidão ou O Demônio da Perversidade, entre outras, encontrou uma nova maneira de tornar o romance gótico tradicional obsoleto.

8) Livros de Vampiros

Os vampiros têm uma aura de escuridão e encanto que tem cativado muitos leitores de literatura vampírica. É esse efeito de medo, combinado com uma atração inevitável que tem captado a atenção do público durante séculos.

A figura do vampiro vem da literatura e suas origens remontam ao século XVIII, embora tenha sido o século XIX que produziu as obras narrativas que dariam lugar ao grande Drácula de Bram Stoker.

O século XX não ficou para trás, foi nesse período no qual se humanizou ainda mais uma criatura que era completamente demoníaca e desprezível. Desde então, não parou de evoluir e hoje, muitos autores continuam a nos surpreender com histórias de vampiros.

9) Livros Policiais

Percebe-se como romance policial (romance policial ou de detetive) é uma extensa narrativa em prosa que conta uma história na qual a trama inclui um enigma criminal (crime, assassinato ou outro), uma ação policial ou de investigação desenvolvida pelo(s) protagonista(s) e a descoberta de um culpado ou a resolução do mistério, geralmente com suspense e surpresa para o leitor.

A história policial é puramente urbana e nasceu ao mesmo tempo que as forças de segurança nas cidades européias e norte-americanas no início do século XIX. Edgar Allan Poe é considerado o pai do romance policial, que começou em 1841 com sua história Os Assassinos da Rua Morgue.

A Poe devemos ao primeiro detetive literário, Auguste Dupin, que inspirou o famoso Sherlock Holmes. O sucesso foi esmagador desde o início e suas histórias foram vendidas como bolos quentes.

Bem, aqui termina nossa coleção de livros grátis de Mistérios e Suspense. Esperamos que você tenha gostado e já tenha pensado seu próximo livro!

Se você achou útil essa lista, não esqueça de comparti-la nas suas principais redes sociais. Lembre-se de que «Compartilharé se Importar”

E se você tiver um livro para recomendar, pode fazê-lo nos comentários.